Conflito de geração

Conflito de geração

O retrato da família moderna já não traz mais a figura do patriarca e da matriarca cercados pelos filhos, netos e bisnetos.

Hoje alguns retratos trazem, o pai, ao lado da ex-mulher e dos filhos do primeiro casamento dela ao lado dos filhos da sua nova mulher, que por sua vez tem uma madrasta que acabou de assumir a sua homossexualidade e trouxe sua nova companheira para o almoço de domingo.

Parece cena de novela, mas não é. Esse é um dos cenários em que vivemos atualmente onde as relações humanas mudaram e a liberdade de ação e de expressão deu voz a uma geração que busca e valoriza mais a felicidade, em detrimento aos “antigos” padrões impostos pela sociedade.

Mas como isso impacta na criação dos filhos? Primeiramente em uma disruptura do modelo familiar, o que pode gerar um ruído na comunicação entre pais e filhos. Regras diferentes em cada casa, filhos no epicentro de disputas e usados como ponte entre as partes, crianças que se tornam o centro das atenções e de todos os problemas do antigo casal.

Tem solução? Sim! A comunicação eficaz e o diálogo aberto entre pais e filhos, pode diminuir e muito esse tipo de conflito. Além de reforçar o vínculo entre a família e gerar mais confiança para os filhos, que se sentem parte de uma estrutura familiar, seja ela como for.


Ouça nosso podcast: https://escoladamaemoderna.com.br/podcast/