Mães têm autoestima mais elevada do que as mulheres sem filhos

Mães têm autoestima mais elevada do que as mulheres sem filhos

Um estudo inédito, realizado pela Kantar, com 410 mulheres, sendo que destas 189 são mães, avaliou como anda a autoestima delas e quais são os aspectos determinantes para elas se valorizarem. A pesquisa concluiu que as mães têm uma taxa maior do que as mulheres sem filhos.

O estudo revelou que 35% das mães entrevistadas consideraram suas autoestimas acima da média, enquanto apenas 21% das mulheres sem filhos pensavam o mesmo; apenas 12% das mães vêm suas autoestimas abaixo da média e para mulheres sem filhos esse número aumenta para 22%.

Uma das interpretações que a Kantar faz sobre esse número é que a chegada dos filhos é um divisor de águas para muitas mulheres. Elas acreditam que esse momento traz maturidade, inspira responsabilidade, mudanças em hábitos antigos o que gera uma sensação de crescimento e confiança.

Além disso, o estudo revelou que com o passar dos anos as mulheres se tornam mais confiantes e suas autoestimas crescem. “A maternidade traz consigo dores e delícias. Querendo ou não, a mãe é lançada num contexto totalmente novo e se auto descobre uma outra mulher. Ela descobre dentro dela medos, inseguranças e desafios nunca antes imaginamos e a superação destes faz ela se sentir muito mais forte, muito mais guerreira, muito mais pronta”, explica Rita Cunha, qualitative director da Kantar Brasil.

A mesma pesquisa avaliou quais são os elementos que determinam a autoestima das mulheres: autonomia financeira; autonomia do meu corpo/sexual; liberdade de expressão e pensamento; representatividade e conexões sociais. No caso das mães, esses cinco elementos têm taxas mais similares, mostrando um equilíbrio na importância deles para o amor próprio delas.

Fonte: Kantar


Já conhece nosso podcast? Novos episódios toda sexta-feira.
https://escoladamaemoderna.com.br/podcast/